quinta-feira, 30 de junho de 2011

Dicas: O que Colocar e não Colocar no Currículo


1- Foto: No caso de foto, esta só deve ser colocada no currículo se for solicitado por quem está fazendo a seleção.
2 – Currículo: Não é necessário escrever que se trata de um currículo, muito menos em latim.
3 -  Não coloque os números dos seus documentos, visto que eles só serão necessários no momento da contratação.
4 - Não coloque os nomes dos seus pais, pois, são informações desnecessárias.
5 - Coloque o formato da letra e cor no padrão básico. Prefira o preto nos tipos tradicionais como Times New Roman ou Arial.
6 -  Visto que as características de sua personalidade serão analisadas durante a entrevista ou em uma dinâmica de grupo, não é necessário descrevê-las no currículo, esses termos não contribuem em nada para o conhecimento do seu perfil profissional.
7 -  Ao citar seu conhecimento em algum idioma, apenas informe se seu nível é básico, intermediário ou fluente.
8 – Não coloque experiências que não estão ligadas com sua atuação profissional.
9 - Informe a data de entrada e de saída da empresa e não apenas o tempo em que permaneceu nela.
10 - Coloque as informações de sua experiência profissional em ordem decrescente. Ou seja, seu último emprego ou o atual deve vir no topo da lista.
11 - Se as funções realizadas em cada empresa forem parecidas, coloque esses dados no campo de sua qualificação. Prefira destacar os resultados obtidos em cada local em que já trabalhou.
12 – Coloque suas atividades extras profissionais apenas se elas forem atuais. No entanto, fique atento. Caso não possua um perfil arrojado, opte pelo modelo clássico.
Fonte: G1

terça-feira, 28 de junho de 2011

Como Ler Bem


Ler não é um ato mecânico, pelo contrário, deve ser um ato prazeroso completamente desligado da idéia de obrigatoriedade. Não é fácil gostar de ler. Quem não adquiriu o hábito durante a infância dificilmente se encantará a cada vez que entrar em uma livraria. No entanto, muitos já perceberam que ler é essencial para se conseguir algo nesta vida.

Se você não gosta de ler, mas ao menos gostaria de gostar, aqui vão dicas que podem ajudar-lhe a se entusiasmar – ou pelo menos a suportar a relação entre você e os livros. Primeiramente é importante ter a consciência de que saber ler não significa saber compreender e este é um problema sério em nosso país. Pelo menos 38% dos brasileiros têm dificuldade em interpretar aquilo que lê. Isto é grave e deve ser combatido. Como? Com esforço próprio.

A compreensão depende muito da bagagem cultural do indivíduo e é por este motivo que a maioria dos livros indica a faixa etária ideal para lê-los. Se você ainda é jovem, em torno dos 13 anos, procure livros que tenham a ver com você. Ler Machado de Assis nesta época não vai ajudá-lo a gostar deste grande nome da literatura brasileira. Cada coisa a seu tempo. Para gostar de ler é preciso ler aquilo que lhe dá prazer, mesmo que isto seja um gibi!

Para criar o hábito da leitura, reserve um tempo do seu dia para praticar. Para que isto dê certo é preciso ser rigoroso, nada de dizer “ah, eu leio amanhã”. Lendo todos os dias o ato passará a ser corriqueiro e com o tempo se tornará um hábito inadiável. O ato de ler pode ser encarado como um ritual: procure um local tranqüilo, confortável e bem iluminado. Separe algo para beber e fique confortável (debaixo de uma mantinha quente ou de ar condicionado bem potente). Se você passar a ler em condições impróprias, o ato de ler pode ser associado à idéia de desconforto e aí “tchau” hábito da leitura.

Na ânsia de atingir o objetivo você pode acreditar que ler vários livros ao mesmo tempo pode ajudá-lo. Ledo engano. Um livro por vez é o indicado. Curta a história, entregue-se aos pensamentos e aproveite este momento (já ouviu dizer que ler é uma “viagem”?). Preocupe-se em manter um dicionário por perto, para poder consultar todas as palavras que não fazem sentido para você. Fazendo isto, além de compreender o que está lendo, a expressão passará a fazer parte do seu vocabulário.

Escreve bem quem lê muito e escreve melhor quem lê e escreve muito. Assim como o esporte, a leitura e a escrita devem ser exercitados. Quanto antes você começar, mais rápido atingirá o seu objetivo e lembre-se: o vestibular vem aí. Você está preparado para a redação?

Por Marla Rodrigues
Equipe Brasil Escola

vídeo: Faz Chover

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Imagem: Profº Ramom e Willian

08 COISAS PARA FAZER NO FRIO


1- TOMAR UM BOM CHOCOLATE QUENTE
Você pode tomar muitas bebidas pra espantar o frio: um bom chá, um cafezinho, um capuccino... Mas nada é tão gostoso quanto um chocolate quente, fervendo e bem docinho, trazendo um calorzinho gostoso pra dentro da gente. Faça em casa ou compre na rua, mas não deixe de tomar o seu!
2- FICAR JUNTO DA PESSOA QUE SE AMA
Aproveite o friozinho terrível! Agora você tem uma excelente desculpa para grudar na pessoa amada, 24 horas por dia. Afinal, abraçadinhos vocês se esquentam e trocam calor humano. Tudo fica bom junto com aquela pessoa especial: um bom cinema, uma noite num barzinho ou, até mesmo, ficar vendo TV debaixo das cobertas.
3- ASSISTIR UM BOM FILME
Tá certo que, pra ir ao cinema, não precisa fazer frio, já que ver um bom filme é sempre muito bom! Mas diz que não é uma maravilha fugir do frio das ruas dentro de uma sala de cinema, assistindo um suspense, um romance, uma comédia... qualquer coisa? Também é muito legal rever aqueles clássicos que marcaram a sua vida, em casa.
4- lER AQUELE LIVRO QUE ESTA NA ESTANTE
E aquele livro que você comprou ou ganhou há um certo tempo e encostou na estante? Agora é a hora de enfrentar as infinitas páginas e se deliciar com histórias fascinantes e novos conhecimentos. Leve-o com você para baixo do cobertor, junto com uma garrafa de chocolate quente e divirta-se!
5- REVER FOTOS ANTIGAS
Não tem jeito: inverno é uma estação meio nostálgica! Todo mundo sente aquela vontade de assistir filmes velhos, ouvir música antiga e, claro, rever fotos quase pré-históricas. Fotos de pessoas que sumiram da sua vida, fotos da infância, da família, de lugares inesquecíveis, de velhos amores e velhos inimigos. Muito bom!
6- LIGAR PARA OS AMIGOS QUE NÃO VÊ HÁ TEMPOS
Depois de rever fotos de amigos que você não vê há um tempão, não bate aquela vontade de saber como eles estão? Uma das grandes emoções do inverno é discar aquele número e torcer, enquanto o telefone chama, pro seu amigo não ter mudado. E, quando tem sorte e consegue falar com ele, descobrir quanta coisa mudou na vida de vocês, menos a amizade. Não é lindo?
7- SAIR DO REGIME
Esqueça o regime! Jogue fora as tabelas de contagem de calorias, aposente a balança! Você ainda vai ter toda a primavera para entrar em forma para o verão. Se entregue àqueles pratos maravilhosos que engordam horrores. Massas, feijoada, chocolate (muito chocolate); vale tudo no inverno!!
8- DORMIR
Ninguém merece acordar cedo no TEMPO frio!! O friozinho dá uma vontade de dormir... Então, saia menos à noite e aproveite mais sua cama, que, provavelmente, é um dos lugares mais quentes do mundo atualmente. Com muitos - mas muitos mesmo - cobertores, é claro!




Reflexão: O voo da Águia

sábado, 25 de junho de 2011

VERDADES E MITOS SOBRE OS PERIGOS E O POTENCIAL DA MACONHA


Droga pode causar dependência e ataca pulmões como o cigarro, mas seus efeitos sobre neurônios, memória e aprendizado são exagerados.
Poucos assuntos criam mais controvérsia e geram mais curiosidade do que a maconha, talvez porque se trate da droga ilícita que as pessoas comuns têm mais chance de conhecer ao longo da vida – estima-se que até 4% da população mundial já a tenha consumido.
Mesmo assim, uma cortina de fumaça de desinformação ainda cerca a planta e seu uso. O G1 responde abaixo às dúvidas mais comuns sobre a maconha, utilizando as últimas descobertas de médicos e cientistas para esclarecer quais são os perigos e o potencial da droga.
De cara, é bom avisar: maconha faz mal. Embora não seja muito diferente de fumar um cigarro comum, com os mesmos riscos de câncer e outras doenças relacionadas ao trato respiratório, ainda assim é o tipo de perigo que até mesmo os mais entusiastas do uso médico da planta recomendam evitar.
Também vale lembrar que, como em qualquer área da ciência, esses dados estão sujeitos a revisão constante: o que hoje parece uma certeza pode se revelar um equívoco com estudos mais cuidadosos. Além disso, muitas características da droga e de sua ação sobre o organismo ainda são pouco conhecidas.
Qual a origem da planta?
Conhecida pelos cientistas como Cannabis sativa, a erva parece ser originária das vizinhanças da cordilheira do Himalaia, na Ásia, e é consumida desde tempos pré-históricos. Foi consumida na Índia e na Pérsia antigas e passou a ser usada como narcótico no Ocidente a partir da época das grandes navegações, no século XVI.
Onde se pode consumi-la legalmente?
A legislação mundial ainda é rigorosa em relação à venda em larga escala da planta. Mesmo no país mais liberal do mundo em relação ao tema, a Holanda, só é possível comprar pequenas quantidades (alguns gramas, ou plantas em vasos) para consumo pessoal em lojas especializadas, e ninguém está autorizado a produzir ou vender a droga em larga escala. Legislações parecidas quanto à posse e consumo particulares (mas não quanto à venda pública) estão em vigor na cidade de Denver (Colorado, EUA), no estado americano do Alasca e em dois estados da Austrália.
Por que fumar maconha “dá barato”?
Porque o princípio ativo da droga é, por um acaso incrível, muito parecido com um importante mensageiro químico do cérebro. O princípio ativo, batizado com o indigesto nome de delta-9-tetraidrocanabinol (ou THC, para encurtar), tem estrutura química semelhante à de substâncias que controlam a passagem de sinais entre as células nervosas, os neurônios.
Esse sistema de mensagens do cérebro foi descoberto graças às pesquisas sobre maconha e, em homenagem à droga, foi batizado de sistema endocanabinóide (ou seja, a da “Cannabis produzida dentro” do corpo). O sistema endocanabinóide atua em quase todas as regiões do cérebro, mas o prazer gerado pela droga advém do fato de que ele atua sobre o córtex (a sede da consciência e da razão), a amígdala (ligada às emoções) e o tronco cerebral (responsável pela sensação de dor). É por isso que os usuários relatam experimentar tranqüilidade e bem-estar durante o consumo – as mensagens químicas ligadas à ansiedade ou a dor são barradas pela ação da droga sobre o sistema endocanabinóide.
Maconha pode ser consumida por jovens?
Não. Segundo um dos maiores especialistas no assunto, o neurocientista e farmacologista Daniele Piomelli, da Universidade da Califórnia em Irvine, o cérebro de adolescentes ainda está em formação e o consumo da droga pode ter sérias conseqüências. Entre as diversas estruturas que ainda não estão formadas no cérebro de um jovem está o sistema dopaminérgico, que processa informações de recompensa e está ligado a comportamentos de vício.
O uso causa dependência?
“Existe essa possibilidade”, diz Dartiu Xavier da Silveira, médico e pesquisador da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) e um dos principais especialistas brasileiros em dependência de drogas. “No entanto, aparentemente a proporção dos usuários que se tornam dependentes é semelhante à que se vê entre usuários de álcool, ou seja, cerca de 10%”, afirma ele.
Ela abre o apetite?
Sim. A chamada “larica” (fome acentuada) associada ao uso da planta não é mera lenda urbana. Mais uma vez, a culpa é da ação sobre o sistema endocanabinóide: o THC também mexe com esse sistema no hipotálamo, área do cérebro que regula o apetite. Segundo Roger Nicoll, pesquisador da Universidade da Califórnia em San Francisco (EUA), a comida passa a parecer mais desejável para alguém com “larica”.
A maconha serve de “escada” para drogas mais pesadas?
“Não existe nenhuma evidência sólida disso”, afirma Dartiu Xavier da Silveira. Usuários de cocaína e heroína muitas vezes também usam maconha, mas não há sinais de que a erva abra o apetite do usuário para outras drogas.
Quais são seus efeitos sobre a memória e o aprendizado?
A memória de curto prazo (aquela que nos permite absorver uma informação nova no momento presente) e a atenção ficam realmente prejudicados, mas só há sinais de um dano permanente com o uso contínuo e em grandes doses. Do contrário, deixar de fumar é suficiente para que essas funções do cérebro se refaçam.
Existe uma dose segura para consumo?
“Os estudos ainda estão muito no começo para afirmar qualquer coisa a esse respeito”, diz o médico da Unifesp.
É uma droga que mata neurônios?
Outro mito: a maconha não só não parece danificar diretamente os neurônios como há indícios de que possa impedir a morte dessas células quando elas são danificadas.
É mais ou menos nociva que o cigarro para os pulmões?
“Os efeitos nos pulmões são bastante parecidos com os de um cigarro normal”, conta Dartiu Xavier da Silveira. A diferença, explica o médico, é que raramente um fumante de maconha conseguirá consumir a droga em quantidades semelhantes aos maços diários de um fumante “normal”. Por isso, os danos tendem a ser menores.
Qual é o seu potencial terapêutico?
Similares químicos do THC, entre os quais os conhecidos como dronabinal e nabilona, já estão no mercado e são usados para combater as náuseas associadas à quimioterapia de pacientes com câncer. Testes conduzidos com pacientes de Aids com o mesmo problema também têm mostrado bons resultados.
Outras aplicações possíveis envolvem medicamentos contra ansiedade, analgésicos e até moderadores de apetite. Nesse último caso, a idéia é se inspirar no THC e no sistema endocanabinóide para criar um “antagonista” – uma substância que bloqueie as fechaduras químicas onde essas moléculas se encaixam e, assim, diminua a vontade de comer do paciente.
No futuro, qual é a chance de que fumar maconha seja permitido por razões médicas?
“Há quem defenda simplesmente fumar a maconha com objetivo terapêutico, mas a preferência tem sido pelo uso de comprimidos de THC, que evitam os problemas causados pela inalação da fumaça”, afirma o pesquisador da Unifesp. Mesmo o THC, por si só, não é perfeito: ele tende a ir parar em regiões indesejadas do cérebro, agindo de forma pouca específica e causando efeitos colaterais. Por isso, há também a intenção de criar versões modificadas da molécula para implementar o uso clínico.
FONTE: G1

Parabéns Clayton Germeson

Nesta data tão significativa, venho desejar que cada segundo da tua vida signifique um ano e que cada ano signifique uma eternidade de amor. Muitas felicidades e um Feliz Aniversário!

video dia: Defunto Caguete


quinta-feira, 23 de junho de 2011

Cigarro aumenta risco de morte por câncer de próstata, diz estudo


Risco aumenta em 61% em relação a não-fumantes com a mesma doença.
Pesquisadores acompanharam mais de 5 mil pacientes durante 20 anos.

Os fumantes com diagnóstico de câncer de próstata correm mais risco de desenvolver tumores agressivos e maior probabilidade de morrer da doença do que os não fumantes, destacaram esta terça-feira (21) cientistas norte-americanos.
Os homens que fumavam na época do diagnóstico demonstraram ter 61% mais chances de morrer por causa do câncer de próstata e 61% mais chances de o câncer voltar em comparação com os que nunca fumaram, afirmaram cientistas da Faculdade de Saúde Pública da Universidade da Califórnia em San Francisco.
No entanto, a estatística não vale para quem abandonou o hábito 10 anos ou mais antes do diágnostico de câncer de próstata. Eles demonstraram ter risco de recorrência e de morte similares aos dos homens que nunca fumaram, destacou o estudo publicado pelo "Journal of the American Medical Association".
"Estes dados são estimulantes porque há poucos caminhos conhecidos para que um homem reduza o risco de morrer de câncer de próstata", assegurou um dos autores do estudo, Edward Giovannucci, professor de nutrição e epidemiologia de Harvard.
"Para os fumantes, deixar (o hábito) pode reduzir o risco de morrer de câncer de próstata. É outra razão para não fumar", acrescentou.
A pesquisa examinou 5.366 homens diagnosticados com câncer de próstata entre 1986 e 2006. Durante este período, registrou 1.630 mortes, 524 (32%) devido ao câncer de próstata e 416 (26%) de doença cardíaca.
Fonte: G1

Vídeo do dia: Eu só quero é ser feliz

quarta-feira, 22 de junho de 2011

ALERTA!!!!! Vírus brasileiro se espalha por chat do Facebook, Twitter e Orkut

Ladrão de senhas se conecta ao serviço de mensagens 'eBuddy'.
Com popularização, ataques irão se concentrar no Facebook, diz analista.

Uma nova praga digital foi criada por brasileiros para se disseminar no Facebook, Twitter, Orkut e Google Talk, segundo uma descoberta da fabricante de antivírus Kaspersky Lab. Quando o vírus é executado no computador, ele baixa vários componentes, entre eles um ladrão de senhas bancárias – comum no Brasil – e também outro que rouba as senhas do usuário nas redes sociais e depois faz o login nos serviços para contaminar os contatos da vítima.
A praga é capaz de se conectar no serviço de mensagem instantânea eBuddy ou na versão “mobile” do Facebook para realizar suas atividades. O link enviado é acompanhado do texto “kkkk comedia demais, vc viu o vídeo do bebado?”. Caso o usuário clique no link, a página tentará infectar o computador por meio de um applet malicioso do Java.

Vírus no Facebook
O analista de vírus Fabio Assolini, da Kaspersky, acredita que outras pragas digitais atacando o Facebook vão aparecer. “A popularização da rede fará com que os ataques passem a ser concentrados no Facebook. Esse será o primeiro de muitos outros que virão”, afirma.
Os vírus brasileiros começaram a se espalhar pelo Orkut em 2006 e pelo MSN em 2005. Diferentemente de algumas das pragas daquela época, que enviavam os links maliciosos diretamente do navegador, este novo vírus encontrado pela Kaspersky faz questão de roubar as senhas do usuário para realizar a atividade maliciosa.
De acordo com a Kaspersky, o vírus não se espalhou muito porque o Facebook foi informado do vírus e está bloqueando as mensagens que contém o link infectado.
Fonte: G1

“Serial Killer” que matou mais de 20 chega ao Acre

Desembarcou na madrugada de ontem (21) no Aeroporto Internacional de Rio Branco, em vôo de linha proveniente da capital do Estado de Goiás, o assassino em série, Adroaldo de Oliveira Souza, 32, o ‘Sargento’. Ele chegou por volta de 2h escoltado por investigadores do Grupo Especial de Capturas (Gecapc) e da direção geral da Polícia Civil. Sentenciado a 75 anos de cadeia por homicídio e tráfico internacional de droga, ele cumpria pena no presídio Francisco Conde, porém apesar do histórico de crimes conseguiu, em 2008, licença para passar sete dias em tratamento de saúde e não retornou ao presídio.
Sargento22
Na época, Adroaldo ‘Sargento’ atravessou o país e depois de passar mais de dois anos na impunidade, vivendo com a mulher e filhos no estado de Goiás foi preso pelo Grupo de Capturas na última quinta-feira (16), em Aparecida de Goiânia (GO), região metropolitana da capital goianiense. Durante cerco policial bem articulado pela Polícia Civil não teve chance de reagir e acabou surpreendido pelos investigadores, em uma garagem de revenda de carros.
Adroaldo de Oliveira estava sendo monitorado pela Polícia Civil acreana desde fevereiro deste ano, no dia 4 do mesmo mês conseguiu com a ajuda da mulher escapar de uma ação do investigador Benício de Araújo. Na ocasião, ele se embrenhou em um matagal nas cercanias do setor de Buriti Sereno (GO), porém a caçada ao criminoso mais sádico do Acre chegou ao fim na última quinta-feira, após cinco meses de buscas.

No Acre, Adroaldo de Oliveira é sentenciado a 75 anos de reclusão pelos crimes de homicídio e tráfico internacional de droga. Segundo as investigações, ele matou várias pessoas com requintes de perversidade, entre as vítimas consta o motorista da antiga Seater Manoel Costa de Araújo, conhecido por ‘Manú’ e o taxista Djacy Cruz da Rocha, o ‘Sabiá’. Este último teve braços e pernas amputados e teria sido queimado vivo, dentro do próprio táxi.

A brutalidade ocorreu na BR-307, zona rural de Cruzeiro do Sul, no dia 28 de dezembro de 2004, mesmo dia em que executou a tiros de escopeta o servidor público Manoel Costa, que havia testemunhado contra o criminoso durante um julgamento de homicídio. O irmão dele, Isaias de Oliveira Souza, “Seu Zé”, também foi denun-ciado pelos crimes e sentenciado a 24 anos de reclusão (preso no complexo penitenciário do Estado), em Rio Branco.

No estado de Goiás, onde Sargento morou por mais de dois anos sem ser importunado pela polícia, usava o nome falso de Adriano Souza da Silva, comandava a distribuição de droga na região de Aparecida de Goiânia e era conhecido como “Pitbull”, devido à frieza e agressividade com que agia. A polícia local aponta o criminoso como responsável por movimentar cerca de 60 kg de droga por mês, a maioria cocaína e de envolvimento em pelo menos 18 homicídios relacionados ao tráfico de entorpecente.

FORÇA DA POLÍCIA - O secretário da Polícia Civil, Emylson Farias, elogiou a ação do Gecapc na investigação que culminou na captura do assassino em série. Farias disse que a prisão do responsável por ameaçar a ordem pública; mortes e fuga do presídio Manoel Néri, em Cruzeiro do Sul, pelo grau de periculosidade foi complexa e exigiu técnica apurada dos investigadores.

O secretário explicou que esse tipo de ação só é possível porque o Governo do Estado tem investido de forma sistêmica no fortalecimento dos órgãos de Segurança Pública. “Cabe ressaltar que o governador Tião Viana, mais uma vez se dispôs a ajudar a fortalecer a inteligência policial”, observa o chefe de polícia. (Com Assessoria Polícia Civil)
Fonte:http:// (www.agazetadoacre.com)

Vídeo do Dia: Rap do Silva


                                            Som bacana pra quem gosta do rap do Rio de Janeiro

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Conheça as origens e a evolução do forró, o ritmo da festa de São João

Estilo passou por três grandes fases desde que surgiu, nos anos 1940.
Evolução causa disputa, mas formatos podem conviver, dizem críticos.

Começa nesta semana o principal momento da maratona de forró nas festas de São João no Nordeste. Com a aproximação da noite oficial de comemoração do santo, na próxima sexta-feira (24), é quase impossível ouvir algum tipo de música diferente nesta época nas cidades que se transformam em principais focos da festa, como Campina Grande (PB) e Caruaru (PE).
Mas dizer que todos tocam forró não quer dizer necessariamente que a música é a mesma. Ao longo das sete décadas desde que surgiu e se espalhou pelas mãos de Luiz Gonzaga, o estilo musical que é símbolo do Nordeste passou por transformações em sua forma. Ele deixou de ser uma música puramente regional tocada com sanfona, zabumba e triângulo, se adaptou à modernidade, incorporou elementos do pop, do axé e do tecnobrega. Bandas de forró mais novas têm uma produção comparável a grandes shows de pop do mundo. Um desses grupos, Calcinha Preta, fez até mesmo apresentações em 360 graus, como as do U2.
arte da linha do tempo e genealogia do forró - são joão (Foto: Editoria de Arte/G1)
A transformação gera controvérsias e disputas. O secretário de cultura da Paraíba, o cantor Chico César, criticou as bandas mais “modernas”, que chamou de “forró de plástico”. No mesmo tom, Dominguinhos, fiel ao forró original, já alegou que as bandas novas mudaram tanto o estilo que “não dá pra dizer que aquilo é forró”. Apesar da evolução e dos contrastes, os diferentes estilos do forró podem “conviver”, segundo Expedito Leandro Silva, autor de “Forró no Asfalto: mercado e identidade cultural”, em que trata da evolução e urbanização do estilo musical que é marca do São João no Nordeste. “O primeiro não deixa de existir, e o segundo continua a se modernizar e acentua suas diferenças em relação ao original”, disse ao G1.
Pesquisadores do tema costumam dividir o estilo em três grandes fases: Forró tradicional (também chamado de pé-de-serra), Forró Universitário e Forró Eletrônico. Elas são marcadas pela urbanização, incrementação técnica e adaptação do estilo ao mercado em diferentes épocas.
Elba Ramalho e Dominguinhos em um prêmio de música em 2008 (Foto: Felipe Panfili / G1)Elba Ramalho e Dominguinhos em um prêmio de
música em 2008 (Foto: Felipe Panfili / G1)
Surgimento
Logo que apareceu, o forró era uma criação artística autêntica do universo rural do sertanejo, e teve em Luiz Gonzaga seu principal divulgador e representante. A música era normalmente tocada com apenas três instrumentos e trazia nas letras temas saudosistas, regionais e com forte sotaque interiorano.
O pé-de-serra continua presente em sua forma clássica na grande festa do Nordeste. Seja pelas mãos de artistas já consagrados nacionalmente, como Dominguinhos, ou por nomes mais locais, como Santana, ainda há quem mantenha vivo o estilo original.
Reciclagem
As primeiras grandes mudanças vieram a partir de 1975, quando músicos populares da época, como Alceu Valença, Zé e Elba Ramalho e Geraldo Azevedo se enveredaram pelo forró, adaptando o estilo à época e à forma que já tocavam. Era o forró Universitário, que tinha o nome tirado do público jovem e urbano a que apelavam.
Buscamos fazer pé-de-serra junto com nosso cotidiano, nossa realidade"
Ricardo Cruz, do Falamansa
O estilo foi retomado em estilo parecido duas décadas depois, quando grupos como Falamansa e Trio Rastapé se tornaram populares nacionalmente com o “pé-de-serra adaptado ao mundo atual”, como explicou Ricardo Cruz, do Falamansa, ao G1.
“A semelhança entre a gente e Alceu Valença e Zé Ramalho existe por termos seguido um mesmo movimento de buscarmos nas fontes originais, tradicionais, como Luiz Gonzaga e Jackson do Pandeiro, aliando ao momento que vivemos. No meu caso, é a contemporaneidade, misturando o pé-de-serra” com influências de reggae, rock e MPB. Buscamos fazer pé-de-serra junto com nosso cotidiano, nossa realidade”, disse.
Cavaleiros do Forró dizem que música levanta o público (Foto: Divulgação)A banda Cavaleiros do Forró, que toca o estilo
eletrônico (Foto: Divulgação)
Revolução
Apesar da continuidade do forró tradicional e da mudança de sotaque sem grande transformação do universitário, nos anos 1990 o estilo passou por sua maior transformação. Foi quando incorporou instrumentos novos, bailarinas, roupagem mais colorida e elementos de músicas sertaneja, romântica, brega e até do axé para criar o forró eletrônico.
Também chamado forró estilizado ou até mesmo “oxente music”, o movimento começou no início da década, com grupos como Mastruz com Leite e Magníficos, e foi se tornando maior e mais transformador ao longo dos anos.
É como se pegássemos uma música de Roberto Carlos  e tocássemos em ritmo de forró"
José Inácio, Banda Magníficos
A mudança nas últimas décadas foi tão intensa, chegando a grupos como Aviões do Forró e Calcinha Preta, que, segundo o pesquisador Expedito Silva, mudaram tanto a proposta original que se aproximam mais do tecnobrega de que do forró propriamente dito.
Em entrevista ao G1, o fundador da banda Magníficos, uma das primeiras do forró estilizado, explicou que o que eles fazem é música popular romântica misturada com forró. “É como se pegássemos uma música de Roberto Carlos, por exemplo, e tocássemos em ritmo de forró”, disse José Inácio, o Jotinha.
A banda Magníficos, na verdade, começou com músicas tradicionais, pé-de-serra, mas decidiu mudar. “Luiz Gonzaga nos influenciou muito, mas adaptamos o pé-de-serra tradicional ao romântico. Gostamos e respeitamos, mas não é o que queremos fazer. Você tem que acompanhar a evolução das coisas”, disse.
Segundo Silva, que estudou a evolução do forró, o principal diferencial entre o estilo clássico e o eletrônico é que as bandas novas lidam melhor com o mercado, vendem mais. “O estilo é preferido pelas pessoas mais jovens, que se identificam mais. O que acontece é que quem gosta de forró, especialmente no Nordeste, não confunde o eletrônico com o tradicional. Ele vê o estilizado como lazer, diversão, passatempo, mas respeita o forró tradicional”, disse.
Fonte: G1.
 

Contagem regressiva para o caipira tão esperado da cidade.

fonte: http://(ensinomediotk.blogspot.com/)
 Clique na imagem pra ampliar



vídeo do dia: Bezerra da silva

Governador visita Centro de Operações Aéreas

Após confraternização, Tião faz sobrevôo em área que vai abrigar 10 mil casas populares


governador_com_equipe_do_joao_donato_foto_sergio_vale_3.jpg
governador_com_equipe_do_joao_donato_foto_sergio_vale_5.jpg
governador_com_equipe_do_joao_donato_foto_sergio_vale_7.jpg
O governador Tião Viana iniciou o sábado, 18, com o café da manhã oferecido pela equipe do Centro Integrado de Operações Aéreas, no Aeroporto de Rio Branco (Foto: Sérgio Vale/Secom)
O governador Tião Viana iniciou o sábado, 18, com o café da manhã oferecido pela equipe do Centro Integrado de Operações Aéreas, no Aeroporto de Rio Branco. Tião conheceu o espaço que abriga o efetivo e o helicóptero Comandante João Donato, entregue em dezembro do ano passado.

O efetivo do Centro Integrado de Operações Aéreas tem mais de vinte homens, sendo seis pilotos – três formados e três em formação. Boa parte dos homens têm nível superior ou vários cursos de formação na área em que atuam.

“É importante ver esse sentimento de respeito e consideração com o governo porque nós temos lutado com muito zelo para valorizar a missão pública. Fazendo coisa errada ninguém muda o mundo e tenho certeza que vocês, assim como nós, têm se esforçado para dar o melhor que podem”, disse o governador Tião Viana.

O secretário de Segurança, Renir Graebner, destacou a importância do efetivo: “vocês fazem um trabalho ainda mais diferenciado que os demais. Um erro de vocês pode ser irreversível, fatal. Mas temos aqui uma turma que, além de muito afinada, é muito bem preparada para exercer a função que assumiram”.

O major Sérgio Albuquerque ressaltou que o papel do Centro Integrado de Operações Aéreas é dar apoio às ações demandadas pela Secretaria de Segurança, sejam policiais, de resgate, emergência médica.

Do aeroporto o governador subiu a bordo do helicóptero acompanhado pelo secretário de Obras e Habitação, Wolvenar Camargo, para sobrevoar três áreas de terra e analisar que a melhor para abrigar uma “nova cidade” em Rio Branco. A construção terá dez mil casas e toda a infraestrutura necessária para atender os moradores, de postos de política a unidades de saúde.

O investimento faz parte do programa Minha Casa, Minha Vida II, lançado pela presidente Dilma Rousseff esta semana. Segundo Camargo, o governo está se esforçando para garantir mais dez mil e quinhentas unidades habitacionais para o Estado, para beneficiar o público que ganha de 0 a 3 salários mínimos.
fonte : Tatiana Campos (Agência de Notícias do Acre)

sábado, 18 de junho de 2011

vídeo do dia: Charlie Chaplin

TJ do Acre pede suspensão de desconto de parte do orçamento do judiciário

 

Segundo o Tribunal de Justiça do estado, o desconto de R$ 6 milhões ao ano configura apropriação indevida. A Procuradoria-Geral declarou que não há desconto.

O Tribunal de Justiça do Acre entrou com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal contra o governo do estado, em que pede a suspensão imediata do desconto de parte do orçamento do Poder Judiciário.
Segundo o TJ acreano, o desconto de R$ 6 milhões por ano corresponde ao recolhimento previdenciário dos servidores e magistrados do tribunal, o que configura apropriação indevida.
A Procuradoria-Geral do Estado declarou que não há desconto e que o orçamento previsto para o judiciário é repassado integralmente.

Fonte: Jornal Nacional

 

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Para Refletir - As três peneiras de Sócrates

As Três Peneiras de Sócrates
Um homem foi ao encontro de Sócrates levando ao filósofo uma informação que julgava de seu interesse:
- Quero contar-te uma coisa a respeito de um amigo teu!
- Espera um momento – disse Sócrates – Antes de contar-me, quero saber se fizeste passar essa informação pelas três peneiras.
- Três peneiras? Que queres dizer?
- Vamos peneirar aquilo que quer me dizer. Devemos sempre usar as três peneiras. Se não as conheces, presta bem atenção. A primeira é a peneira da VERDADE. Tens certeza de que isso que queres dizer-me é verdade?
- Bem, foi o que ouvi outros contarem. Não sei exatamente se é verdade.
- A segunda peneira é a da BONDADE. Com certeza, deves ter passado a informação pela peneira da bondade. Ou não?
Envergonhado, o homem respondeu:
- Devo confessar que não.
- A terceira peneira é a da UTILIDADE. Pensaste bem se é útil o que vieste falar a respeito do meu amigo?
- Útil? Na verdade, não.
- Então, disse-lhe o sábio, se o que queres contar-me não é verdadeiro, nem bom, nem útil, então é melhor que o guardes apenas para ti.
 
E você esta passando pelas três peneiras. Pense!

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Passeatas sobre drogas como livre manifestação do pensamento: em prol da legalização da maconha.

 

Manifestações já devem começar no próximo sábado


Liberada ontem por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que reconheceu a legalidade de passeatas sobre drogas como livre manifestação do pensamento - e não apologia ao crime -, a Marcha da Maconha estará presente na Marcha Nacional da Liberdade, passeata que deve reunir milhares de pessoas em 40 cidades do País no sábado. Em São Paulo, a partir das 14h, o palco será a Avenida Paulista.
Grupos em prol da legalização do consumo de drogas lideram a manifestação. Ela foi criada por causa da repressão policial à Marcha da Maconha no dia 21 de maio. Eles declaram, no entanto, que não formam uma Marcha da Maconha reeditada, porque a pauta também tem reivindicações de ciclistas, músicos, homossexuais e minorias e exige a liberdade de expressão.
Integrantes da Marcha da Maconha prometem exibir cartazes e cânticos para levar o debate sobre as políticas públicas de drogas às ruas.
Participação. O 'bloco da Maconha' ainda estará presente na Parada Gay na Avenida Paulista, marcada para o dia 26. Eles confirmaram a realização de uma segunda edição da Marcha da Maconha no dia 2 de julho na capital paulista.
'Imaginávamos que o Supremo Tribunal fosse ter o entendimento de defender a Constituição, que era o nosso também,' disse a organizadora Juliana Machado, do coletivo Desentorpecendo a Razão (DAR).
Outros organizadores da marcha em São Paulo comemoram o parecer favorável do Supremo. 'Finalmente uma decisão do STF vai impedir que tribunais regionais proíbam um ato de liberdade de expressão', disse Gabriela Moncau.
Com a decisão, a organização das marchas afirma que poderá concentrar-se mais no debate da legalização da droga 'em vez de gastar energias lutando pelo direito de debater'.
Polícia. Entretanto, mesmo com o direito da manifestação garantido pelo STF, eles ainda temem a repressão policial. 'Conseguimos uma ferramenta jurídica importante, mas, apesar do respaldo jurídico, pode haver sim repressão,' disse Gabriela.
No mês passado, após o protesto ser barrado por decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo e ter o nome mudado para Marcha pela Liberdade de Expressão, um ato pela liberação do uso da droga acabou em confronto. Bombas de efeito moral e balas de borracha foram disparados contra os manifestantes. Pelo menos sete saíram da passeata detidos e dez, levemente feridos. Após o incidente, dois policiais militares foram afastados.
PARA LEMBRAR
Inspiração veio do exterior
A Marcha da Maconha teve origem em 2004, quando grupos começaram a se reunir anualmente no Rio de Janeiro para solicitar a descriminalização da droga, inspirados no movimento internacional Worldwide Marijuana March. O movimento foi se tornando conhecido e em 2007 ocorreu em âmbito nacional.
Desde então, manifestantes enfrentam obstáculos. A Justiça proibiu ano após ano as manifestações. Isso colaborou para que a violência estivesse presente em vários eventos. Em 21 de maio deste ano, confrontos ocorreram em São Paulo. Até o governador Geraldo Alckmin condenou o excesso de repressão policial na Avenida Paulista.
A reação à violência deu origem à Marcha da Liberdade, realizada no dia 28 com militantes de diferentes bandeiras, além de defensores da descriminalização da maconha.

fonte: Por Felipe Frazão e Eduardo Roberto, estadao.com.br

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Eclipse lunar no dia 15 de junho


Neste 15 de junho, todos os brasileiros terão o privilégio de observar um belíssimo fenômeno celeste: o eclipse total da Lua. Neste dia, logo após o pôr-do-Sol, a Lua nascerá em sua fase cheia (condição fundamental para a ocorrência de um eclipse do gênero), e já nascerá sendo "engolida" pela sombra projetada do nosso planeta. Se as condições climáticas de sua cidade permitirem um céu sem nuvens, vale muito a pena dar um tempo de suas atividades e se dar ao prazer de ficar uma hora olhando para a Lua. Se você tem crianças em casa, leve-as para ver o fenômeno. É algo que marca, que fica como boa lembrança e instiga à curiosidade pelo estudo de Ciências.
Não é preciso trabalho algum para ver o eclipse. Basta identificar o ponto cardeal leste, que é onde o Sol e a Lua nascem. Mesmo que você não saiba onde fica o leste, veja como é fácil identificar: olhe para onde o Sol está se pondo.O leste estará exatamente às suas costas.
Mas você pode se perguntar: "a Lua é tão grande, tão visível, nem preciso saber onde é o leste para vê-la nascer". Isso é verdade, mas o problema é: e se onde você mora existirem prédios tapando a visão do leste? Você corre o risco de perder a visão do eclipse, pois ele não durará a noite toda, e sim apenas alguns minutos depois que a Lua se levantar no horizonte. Deste modo, identifique de antemão onde fica o leste, e procure um lugar que lhe permita ver a Lua nascer.
Astronomicamente falando, não é difícil compreender um eclipse lunar. Ele ocorre porque o Sol projeta a sombra da Terra sobre o disco da Lua, fazendo-a desaparecer gradualmente por algum tempo. Mas por que não ocorrem eclipses em toda Lua Cheia? Simplesmente porque há uma inclinação diferente nas órbitas da Lua em torno da Terra e da Terra em torno do Sol. Para haver eclipse lunar, é preciso que haja, também, o alinhamento, que só ocorre de tempos em tempos.
Eclipses são eventos periódicos tão belos quanto instigantes. Para nossos antepassados mais distantes, eram razão para grande temor. Imagine a cena: as pessoas estão trabalhando, e eis que de repente algo parece apagar o Sol. Ou devorar a Lua. Não à toa, a superstição popular atribuía a tais eventos significados de péssimo agouro. Um eclipse seria um sinal maligno do céu que traria grande sofrimento ao povo daquela região. Dizia-se que um eclipse solar era sinal da morte de um rei, e coisas do gênero. Nossa percepção das coisas mudou, e agora sabemos que eclipses são muito mais motivo de admiração e fascínio do que de temor.
E para a Astrologia, o que significa um eclipse lunar?
Para os antigos, não era um bom sinal, mas por motivos que eram mais supersticiosos do que dignos de nota. Atualmente, há uma tendência de boa parte dos astrólogos em reavaliar o significado dos eclipses, compreendendo-os como um momento especial de hipersensibilização de determinadas áreas do mapa astrológico de cada pessoa. Esta hipersensibilização não é necessariamente negativa, mas se o indivíduo não tiver muita consciência do processo, pode passar por dias complicados.
O próximo eclipse lunar do dia 15 de junho ocorrerá no eixo Gêmeos-Sagitário, próximo a 25 graus, afetando portanto de modo mais poderoso as pessoas que nasceram no terceiro decanato destes signos.
O terceiro decanato equivale aos últimos dez dias de cada signo. Para Gêmeos, envolve aproximadamente o período que vai de 10 a 20 de junho. Para Sagitário, o período que vai de 10 a 20 de dezembro. Se você nasceu nos períodos indicados, este eclipse do dia 15 tem mais a ver com você, que provavelmente se sentirá mais confuso(a) por aproximadamente 29 dias, tendendo a reagir de modo excessivo a coisas que antes não te afetariam. O eclipse afeta também especialmente a sensibilidade das pessoas que têm o Ascendente em Gêmeos ou Sagitário, mas especialmente aquelas que nasceram com o Ascendente entre os graus 23 e 25 deste signo (algo que você pode checar vendo o seu Mapa Astral Personare). O eclipse lunar pode também afetar pessoas com outras características astrológicas, mas apenas uma consulta a um astrólogo de confiança poderá detalhar com pormenores o que este fenômeno pode significar em seu mapa. De todo modo, é como eu disse: temos mais motivos para nos fascinar com a beleza do evento do que razões para nos preocuparmos. Relaxe. Há muito tempo não temos mais medo do lobo mau. Nem dos eclipses! A Lua vai, o céu escurece, as trevas dominam... mas eis que a luz retorna em todo seu esplendor. Particularmente, é assim que vejo um eclipse: sinal de que, mesmo na súbita escuridão, a luz sempre há de retornar...

Alexey Dodsworth
fonte: canal da astrologia

terça-feira, 14 de junho de 2011

Varas Criminais e Sistema Penitenciário já utilizam Malote Digital


O Tribunal de Justiça do Estado do Acre e o Instituto de Administração Penitenciária do Estado (IAPEN) já estão realizando a troca eletrônica de correspondências oficiais, por meio do Sistema Malote Digital.
A parceria foi celebrada com a assinatura de um Termo de Cooperação Técnica, ocorrida no dia 31 de maio deste ano. Com o acordo, o Tribunal está permitindo desde a segunda-feira (13) ao IAPEN o acesso ao Malote Digital, que já é utilizado para a troca de documentos entre os órgãos do Poder Judiciário. A medida facilitará o intercâmbio de alvarás de soltura, relatórios carcerários, ofícios e todos os demais tipos de expedientes.
Para o Juiz de Direito Cloves Ferreira, titular da 4ª Vara Criminal da Comarca de Rio Branco, a iniciativa do TJAC vai garantir celeridade, eficiência e redução de custos. “Já como Diretor do Foro, já havia encaminhado essa idéia à Administração do Tribunal, que a implementou. Penso que a medida trará eficiência, pois evitará  a grande burocracia que até então existia, como a necessidade de o juiz mandar a correspondência para um protocolo, que o enviava para outro, e esse era levado de carro até o sistema prisional. Agora, por exemplo, o cumprimento do alvará de soltura será praticamente online, antes era apenas no final da tarde, obrigando o reeducando a ficar horas preso, mesmo já tendo cumprido a pena. Por fim, reduziremos custos, como o papel, a gasolina para os deslocamentos entre o Fórum e a Penal, e também os custos com as diligências dos oficiais de justiça”, explicou o magistrado.
 
Como funciona a cooperação
O Tribunal de Justiça disponibilizará ao IAPEN acesso ao Malote Digital através do portal http://www.tjac.jus.br/index.jsp. Também fará a instalação da ferramenta de acesso ao sistema nos setores indicados pelo Instituto e oferecerá treinamento para utilização do Malote às pessoas indicadas pelo IAPEN.
O Instituto, por sua vez, deverá disponibilizar uma relação com os nomes e setores das pessoas que utilizarão o Malote, bem como destacar um setor ou pessoa responsável para esclarecimentos de dúvidas e soluções sobre a utilização do sistema.
 A Diretoria de Tecnologia da Informação do TJAC será a unidade responsável por fiscalizar, acompanhar e auxiliar todos os atos relacionados à cooperação técnica.
A utilização do sistema, que começou esta semana, terá a vigência de 12 meses, podendo ser prorrogado até o limite de 60 meses (cinco anos), previstos pela Lei nº 8.666/93.
Malote Digital
O Malote Digital é um sistema desenvolvido com a finalidade de possibilitar comunicações recíprocas, oficiais e de mero expediente. Originalmente chamado “Hermes”, foi desenvolvido pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) para uso interno.
Posteriormente, por meio de convênio, ele foi cedido ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que fez adaptações para permitir a troca eletrônica de correspondências com diversos órgãos do Poder Judiciário, passando a ser conhecido como Malote Digital.
Desde então, o Malote Digital é utilizado para o envio e recebimento de correspondências entre órgãos do Poder Judiciário e instituições cooperadas. 
AGÊNCIA TJAC
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL - ASCOM

segunda-feira, 13 de junho de 2011

o que é motivação


Afinal o que é motivação ? É ser feliz , é enxergar o mundo com outros olhos , é conquistar resultados , é superar obstáculos , é ser persistente , é acreditar nos seus sonhos , é o que ?

Motivação segundo o dicionário é o ato de motivar;exposição de motivos ou causas ; conjunto de fatores psicológicos, conscientes ou não, de ordem fisiológica, intelectual ou afetiva, que determinam um certo tipo de conduta em alguém. Sendo assim Motivação está intimamente ligado aos Motivos que segundo o dicionário é fato que levar uma pessoa a algum estado ou atividade. Diante destas definições podemos supor que motivação é muito mais do que imaginamos inicialmente ou seja é tudo isso e nada disso , talvez seja na realidade a origem de tudo isso. 

Motivação vem de motivos que estão ligados simplesmente ao que você quer da vida , e seus motivos são pessoais , intransferíveis e estão dentro da sua cabeça (e do coração também) , logo seus motivos são abstratos e só têm significado pra você , por isso motivação é algo tão pessoal , porque vêm de dentro. O grande problema é definir os motivos verdadeiros , o que você quer , para assim dar realmente significado a sua luta diária , e não mais somente viver das migalhas dos motivos dos outros. Pare agora. Pense ! Medite ! Ore ! Repita tudo de novo até descobrir a essência de seu(s) motivo(s) , aquele que você abdicaria a tudo para atingir , daria sua vida toda por ele. Se você chegou a descobrir dentre os mais de 50 mil pensamentos gerados diariamente pelos neurônios o seu motivo verdadeiro então agora dedique a sua vida para conquista-lo e você conseguira ser feliz , enxergar o mundo com outros olhos , conquistar resultados , superar obstáculos , ser persistente , acreditar nos seus sonhos e muito mais.

A arte da motivação

domingo, 12 de junho de 2011

Não consigo viver sem você meu amor!!!! beijos


Bem Ana Claudia, nesse dia especial 12 de junho quero lhe dizer que apesar das coisas difíceis que passamos juntos sempre é bom olhar pra nós mesmo e ver que conhecimento é algo fundamental em nossas vidas, pois precisamos conhecer para conviver e conviver para confiar e confiar para fazer, fazer o que fizemos até hojé nos ajudamos, desfrutamos de novas experiências, vencemos as dificuldades, acredito que somos o par perfeito apesar da forma de nos relacionarmos pois se não tivéssemos algo em comum não estaríamos com nossos 8 aninhos de namoro, parece que lhe conheci ontem,  pois apesar de lhe conhecer e conviver com voçê nada sei sobre você, você pra mim é um mistério que procuro solucionar durante minha vida .E tem aquele ditado que quando agente pensa que ta mal, ai é que estamos  bem. Gostaria de dizer que você é especial pra mim só que às vezes me comporto de maneira insana, irracional de não poder valorizar cada momento que tenho com você e esta sempre a seu lado, talvez meus sentimentos ou até mesmos meu coração formou paradigmas para tratamento desse sentimento, só que quero pedir paciência, que o resto nos alcançaremos com determinação, amor e compreensão, e peço desculpas pelos meus erros e acredito que poderemos triplicar esses anos juntos. BEIJÃO GATA!!!  TE AMO.


sábado, 11 de junho de 2011

Desigualdade Social




Plano Brasil Sem Miséria é lançado em Brasília:

Um dos objetivos é distribuir renda para famílias pobres da área rural.
A meta é ambiciosa: tirar 16 milhões de pessoas da extrema pobreza.

 

A maior parte das pessoas que devem ser beneficiadas está em área rural, especialmente nas regiões Norte e Nordeste. O Plano Brasil Sem Miséria será destinado à famílias que têm renda mensal de até R$ 70 por pessoa.
No campo, o governo vai contratar equipes de assistência técnica e extensão rural, que vão trabalhar identificando as famílias em situação de miséria, que poderão ser incluídas no programa Bolsa Família, receber documentos, como identidade, CPF e declaração de aptidão ao Pronaf e ainda terão acesso à sementes de qualidade, produzidas pela Embrapa. Quem vive em Unidades de Conservação ou assentamentos extrativistas vai receber o Bolsa Verde, R$ 300 a cada três meses para preservar a vegetação nativa.
Além desses benefícios, cada família poderá receber R$ 2.400, que serão pagos em três parcelas em um período de dois anos. O que o governo espera com esse dinheiro é que o agricultor possa gerar um excedente na produção para ser comercializado.
O ministro do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence, explicou que o novo programa é diferente do Bolsa Família porque exige que o recurso repassado ao produtor seja aplicado especificamente na produção.
O ministro informou ainda que o processo de contratação das começa semana que vem e em setembro, as primeiras famílias receberão a visita dos profissionais.
fonte: G1

 

Dilma lança Minha casa , minha vida 2


Em meio à minirreforma ministerial do governo, a presidente Dilma Rousseff pretende lançar na próxima semana o Minha Casa, Minha Vida 2. A inauguração ocorrerá apesar da primeira fase do programa habitacional, herdada do governo anterior, não ter sido concluída.
Este é o segundo grande plano de governo que Dilma vai divulgar em plena crise política, que culminou com a queda de dois ministros: Antonio Palocci e Luiz Sérgio. Esse último foi realocado da Secretaria e Relações Institucionais para o Ministério da Pesca. O governo lançou no dia 2 de junho o Brasil sem Miséria.
(Luciana Marques, de Brasília) 
Fonte: (http://veja.com.br)

Texto de Albert Einstein

Pode ser que um dia deixemos de nos falar...
Mas, enquanto houver amizade,
Faremos as pazes de novo.

Pode ser que um dia o tempo passe...
Mas, se a amizade permanecer,
Um de outro se há-de lembrar.

Pode ser que um dia nos afastemos...
Mas, se formos amigos de verdade,
A amizade nos reaproximará.

Pode ser que um dia não mais existamos...
Mas, se ainda sobrar amizade,
Nasceremos de novo, um para o outro.

Pode ser que um dia tudo acabe...
Mas, com a amizade construiremos tudo novamente,
Cada vez de forma diferente.
Sendo único e inesquecível cada momento
Que juntos viveremos e nos lembraremos para sempre.

Há duas formas para viver a sua vida:
Uma é acreditar que não existe milagre.
A outra é acreditar que todas as coisas são um milagre

sexta-feira, 10 de junho de 2011

vídeo do dia: Mandalas da Floresta

A artista é Simone Bichara
É natural de Rio Branco, onde reside e desenvolve sua arte de pintura e mosaico.É graduada em História pela Universidade de Brasília (Unb) e tem formação em Holismo pela Fundação Cidade da Paz/Bsb. A artista, que conviveu com índios, seringueiros e ribeirinhos, descobriu dentro da floresta as cores e as formas mágicas e curadoras que emanam das matas. E, assim, conectada com suas raízes, traz consigo a energia dos povos da floresta, principalmente dos índios com seus kenês coloridos, mágicos e sábios, traduzindo as variadas tipologias indígenas em sua arte. Criou com a arte de desenhar e pintar círculos, a técnica Mandaloterapia - uma terapia para indivíduo ou grupo através da arte de criar mandalas. Foi essa sua obra-prima na conclusão do Curso Formação Holística de Base, Fundação Cidade da Paz. Atua, ainda, como terapeuta Renascedora, Reikiana, Corporal e é fundadora do Espaço Gaya-Aldeia do Ser. Algumas de suas obras foram vendidas a apreciadores da arte de diversos Estados brasileiros, indo além das fronteiras, para países como Estados Unidos, França e Espanha.
Fonte:(http://mandalasdafloresta.blogspot.com/)

É ISSO MESMO R$ 48 MILHÕES:

(Foto: Sérgio Vale/Secom)


Números da ponte sobre o rio Tarauacá

Custo de R$ 48 milhões

Extensão de 300 metros

Vão central de 104 metros

Largura de 14,4 metros com passeio

Acesso de 5,1 quilômetros

13.143 toneladas de concreto

913.050 kg de aço

2.600 toneladas de cimento

Estaca para fundação de 844 metros

Início da obra em 25 de julho de 2009

(dados tirado do site: Agência de Notícias do Acre)
E muitas vezes se perguntamos pra onde vai o dinheiro do povo? É  pelo menos desse governo eu sei que 48 milhões foram gasto aqui em Tarauacá. 
PODERIA SER MELHOR? PENSE..

É MEU AMIGO VOCÊ QUE TAVA NA ESPERANÇA DE NOVAS OPORTUNIDADES:

SAIU O EDITAL DO CONCURSO DA ELETROBRAS DISTRIBUIÇÃO ACRE
O PRESIDENTE DA ELETROBRAS DISTRIBUIÇÃO ACRE, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor, torna público que fará realizar Concurso Público 2011, bem como abertura de inscrições com o objetivo de formação de Cadastro de Reserva para cargos de Profissional de Nível Superior, Nível Médio e Nível Operacional, com o objetivo de formação de cadastro reserva que será utilizado no preenchimento das vagas que serão ofertadas no decorrer do ano de 2011, a ser realizado pela CKM Serviços Ltda.
veja o manual do candidato e candidata no site. http://www.eletroacre.com.br/ ou http://www.makiyama.com.br/

hoje foi realizado um sonho, A ponte de Tarauacá, e pra você não desisti desses tipos de sonhos preste atenção nesse vídeo:

quinta-feira, 9 de junho de 2011

ATENÇÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Amanha dia 10/06/2011  se encerra as inscrições do Enem. Faça já a sua. 
pelo site  http://sistemasenem2.inep.gov.br/inscricao/

Abertura da Maior Obra do Governo: Ponte sobre o rio Tarauacá


Fonte: foto retirada do blog do accioly


Estive hoje por volta das 09h00min horas da manhã desta quinta-feira na abertura da ponte de Tarauacá, onde pra mim é um fator histórico e de muita alegria onde teremos um aumento significativo de oportunidades, desenvolvimento, livre arbítrio de ir e vim com facilidade pra outra localidade, emigração e imigração de pessoas, barateamentos dos preços das mercadorias de consume e em geral, divisão da riqueza do nosso município onde é dominada por poucos Empresários, onde agora abre caminhos pra maior concorrência podendo abrir novas indústrias. Lembrando que também através de bons benefícios teremos aumento de uns setores de problemas sociais, aumento da Marginalização, Drogas, Roubos entre outros.
Tenho 23 anos e a muito tempo de minha vida ouvia pessoas conceituadas e de respeito de minha querida Tarauacá falar sobre esse sonho que era de ter a BR 364 sendo ligada de Rio Branco/ Cruzeiro do Sul asfaltada e com pontes, que para muitos só servia de política barata e utopias, onde há muito tempo desde que me lembro ter discernimento das coisas eu ouvia muitas promessas e propagandas falsas sobre tal acontecimento e hoje pude presenciar de perto belos discursos e realizações de sonhos e poder esta dando a primeira caminhada e atravessa a ponte de um lado para outro onde mede 300m de comprimento e 900m de pilares encravados sob a profundidade do rio que sustenta a gigantesca estrutura.
Esteve presente o nosso ilustre e grande protagonista o Governador Tião Viana, Deputados estaduais, secretários do governo, o Diretor do DERACRE Marcos Alexandre, Vereadores e autoridades juntos de empresários, alunos, moradores do corcovado e de diversos bairros e autarquias da cidade.   Com a presença ilustre do Deputado Moisés Dinis e o Secretario de Estado de Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia, Indústria e Comércio Edivaldo Magalhães onde falaram que o governo do Tião seria um governo de trabalho e compromisso com o povo onde estavam passando nas cidades juntos de seus secretários para verem os problemas da população e buscarem de maneira rápida e eficaz solucionar os problemas, lembrando eles que estiveram aqui em Tarauacá para tratarem de uma reunião do surgimento da Cooperativa do Jovem Desempregado e da Cooperativa das mulheres e falarem do projeto de uma Padaria Comunitária no Bairro da praia.      
Secretario de Estado de Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia, Indústria e Comércio Edivaldo Magalhães
onde o nosso Vereador Roberto Freire, esteve representando nossa Prefeita por esta em Rio Branco, agradecendo a presença do povo e do governador e deu seu testenho da dificuldade que tinha para trafegar sobre a BR 364, e de poder esta presente na inaguração da ponte.
O governador Tião Viana vendo a necessidade do povo e vendo que a cidade de Tarauacá tem uma criação grande de bovinos, decidiu trazer para a cidade a realização da Expor – Tarauacá. Onde agora será de bom acesso a visita de nossos vizinhos, onde os Taraucaenses tinha que ir pra Cruzeiro do sul e Rio Branco prestigiar semelhante evento, agora terá em sua bela e maravilhosa Tarauacá cidade da mulher bonita e do abacaxi grande.  


quarta-feira, 8 de junho de 2011

Deputados constentam adesão da Ufac ao Enem : A adesão da Ufac ao Enem, está provocando reação em todos os segmentos da sociedade

Os acadêmicos da universidade já se posicionaram contrários a decisão, alegando que a atitude põe em risco a situação dos estudantes acreanos que terão que disputar vagas com candidatos de todo o país.
A reitoria da universidade alega que a economia para a instituição será de R$ 3 milhões por ano e que a prova do Enem alcança um número maior de estudantes do interior do estado. Enquanto o vestibular só chegava a cinco municípios o Enem em sua primeira edição total no Acre vai abranger 20 dos 22 municípios.
Na sessão desta terça-feira, as dúvidas sobre a eficácia dessa decisão foram colocadas, juntamente com as cobranças ao conselho universitário que toma as decisões na Ufac.
“Precisamos nos unir para fazer a Ufac garantir que os estudantes acreanos não serão prejudicados, perdendo as vagas para os candidatos de outros estados que poderão concorrer com eles através da prova do Enem”, salientou o líder do governo.
“Esse conselho universitário que se acha  tão democrático porque vai abrir a prova para todo o Brasil, porque não aproveita para ir trabalhar na USP que paga 10 vêzes mais? Ou em Harvard onde um professor ganha R$ 50 mil só para ficar falando”? irritou-se o deputado Manoel Morais (PSB).
fonte: Acre notícias

Vídeo do dia: Fome e Miséria, até quando?

Humor político

TJAC promove evento para discutir a construção do orçamento pelos Poderes do Estado


O Tribunal de Justiça do Estado do Acre promoverá na próxima sexta-feira (10) a mesa-redonda “A definição dos limites orçamentários pelos Poderes do Estado”, que acontecerá no anfiteatro da Faculdade da Amazônia Ocidental (FAAO), em Rio Branco, com início às 20h.
O objetivo da atividade é estimular o debate democrático sobre a questão do orçamento estadual e a importância da participação igualitária dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário na sua composição. Para incentivar essa discussão, a mesa-redonda será composta pelo Desembargador Jorge Araken, o Juiz de Direito Giordane Dourado e o Advogado João Tezza.
A participação na atividade está aberta a todos os interessados, especialmente aos acadêmicos dos cursos de Direito, Economia e Administração. As inscrições são gratuitas e poderão ser efetuadas por meio do endereço eletrônico http://www.tjac.jus.br/noticias/noticia.jsp?texto=12204. Serão expedidos certificados aos participantes.
Para mais informações ou esclarecimentos de dúvidas, os interessados devem contatar a Assessoria de Comunicação Social e Cerimonial pelos telefones (68) 3302.0317 e 3302.0318, ou ainda pelo e-mail eventos@tjac.jus.br

AGÊNCIA TJAC
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL - ASCOM